Descubra São Tiago

Memorial São Tiaguense

Memorial São Tiaguense

O Memorial é um espaço público destinado a preservar exclusivamente a história do município de São Tiago, bem como ressaltar sua cultura rica em religiosidade, gastronomia, memórias locais e suas personalidades mais ilustres. Diferente de um museu, o nome Memorial Santiaguense traz mais significado e proximidade à Terra mineira.

Em 1973, Maria de Lourdes Rezende (Dona Cairu), professora aposentada e atual curadora voluntária do local, teve a ideia de salvaguardar os objetos e as memórias são-tiaguenses após uma missa, que fazia parte das celebrações do dia sete de setembro (Independência do Brasil).

Celebrada em plena Praça Ministro Gabriel Passos, por Monsenhor Francisco Elói de Oliveira, ex-combatente e capelão da Força Expedicionária Brasileira (FEB), a solenidade contou com os instrumentos litúrgicos utilizados pelo vigário durante a Segunda Guerra Mundial, em suas celebrações.

Foram quase 20 anos até Cairu conseguir apoio político para transformar o sonho em lei. Entretanto, apenas em 2008, quando São Tiago completou 300 anos do início de sua povoação, que o Memorial finalmente foi instalado.

Sob a administração do Instituto Histórico e Geográfico de São Tiago (IHGST), o espaço abriga quase 500 peças de valor histórico, artístico e cultural.
Desde fotografias, roupas, livros e documentários, até artefatos como uma liteira do séc. XIX, a máquina registradora do armazém do Sr. Vicente Mendes e o antigo púlpito da Igreja Matriz.

Hoje, o Memorial funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h30, no entanto, em breve suas portas estarão abertas nos finais de semana e feriados. Para visitas guiadas o contato deve ser feito com a funcionária Wagna, que fará o agendamento. Para quem deseja conhecer a Terra do Café-com-Biscoito, é imprescindível que passe pelo Memorial, um ponto de partida na descoberta de São Tiago!

Galeria

Galeria

Como chegar

O Memorial está localizado no Centro da Cidade na Paraça da Matriz próximo à Prefeitura na Rua Carlos Pereira, 33.